6ª edição da Feira Catarinense do Livro começa em Florianópolis


Evento será realizado no Largo da Alfândega até o dia 11 de maio. Lema deste ano propõem discutir a "Saúde nas Entrelinhas".



Do G1 SC
Comente agora
A 6ª edição da Feira Catarinense do  Livro começou nesta quinta-feira (2), em Florianópolis. Os interessados e amantes da literatura podem encontrar muitos títulos e boas histórias no Largo da Alfândega, no centro da cidade, até o dia 11 de maio.
Com o lema 'Saúde nas Entrelinhas', o objetivo desta edição do evento é mostrar que a importância da leitura na nossa vida vai muito além que cuidar do intectual. Prova disso são assuntos abordados em sala de aula e o interesse que os alunos demonstram. O assunto sobre a importância da água, por exemplo, é transmitido para alunos do ensino primário. "É muito importante a gente preservar a agua porque bebemos ela. É tipo um combustivel e se não economizarmos ela vai acabar e a gente vai morrer e o mundo simplesmente vai sumir", diz Diego Blank, estudante de uma instituição de ensino na capital.
Leitor assíduo, o professor Nelson Padilha compara a leitura a um remédio. "Hoje em dia, ler é um remédio para a minha, para a sua alma e para a alma da sociedade em geral, que está tão perdida e necessitada", opina o professor. Sonia Rivello, também docente de literatura lembra a importância da leitura para o crescimento intelectual. "A literatura abre janelas, cria possibilidades. Ela faz você intepretar um texto, interpretar o mundo e um sorriso. Descobrir curas.
O conhecido escritor Salim Miguel se orgulha de ter usado da fonte literária enquanto pode. "Eu não fiz outra coisa a não ser ler e escrever. Não ser fazer mais nada mesmo. Preciso de alguém disposto a trabalhar comigo", explica o escritor, que contrata ajudantes para ler trechos de livros e, sem querer, forma novos leitores. "Muitos leem os trechos e dizem: onde vou conseguir esse livro? Porque interessa ler todo e não apenas o trecho".
Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário